Resultados de Busca

Agora exibindo 1 - 2 de 2
  • Trabalho de Conclusão de Curso
    Racionalidade na economia: uma análise do debate acerca do modelo econômico de agência racional
    (2009) Costa, Guilherme Spilimbergo
    Este trabalho realiza uma análise da maneira com que a economia aborda a racionalidade dos agentes. Aqui são apresentadas e criticadas as principais abordagens feitas pela economia tradicional - a racionalidade como maximização do auto-interesse e como consistência interna das escolhas - e a crítica do programa alternativo da racionalidade limitada. As críticas feitas pela racionalidade limitada à economia tradicional serão analisadas, de forma a identificar a relevância desse programa para a teoria econômica.
  • Trabalho de Conclusão de Curso
    Racionalidade limitada e teoria dos jogos
    (2019) Theoharidis, Thiago Fernandes
    Um fator relevante no campo da microeconomia é a racionalidade limitada dos indivíduos em suas tomadas de decisão. Indivíduos fazem escolhas baseando-se em seus fatores emocionais, mesmo que estes, possam levar os indivíduos a uma pior situação monetária do que se estes conseguissem desconsiderar esses fatores. E este estudo tem como objetivo analisar se os equilíbrios de jogos são deslocados quando se incluem os fatores emocionais. Para tal, iremos avaliar as melhores escolhas para alguns tipos de indivíduos. Indivíduos estes, que podem ser separados em 2 grupos: primeiro, temos os indivíduos sem esses fatores emocionais impactando suas escolhas, que acabam por tomar suas decisões com base apenas no retorno monetário. O segundo tipo, seria aquele indivíduo que possui alguma cognição emotiva, de modo a afetar as suas atitudes e suas escolhas ótimas, nem sempre o levando a uma melhor situação. Nesse caso, parte relevante do payoff está atrelado a valores emocionais, que muitas vezes é precificado erroneamente pelo indivíduo. Finalmente, este estudo tem como objetivo analisar este tema e verificar qual o resultado de quando os indivíduos agem emocionalmente, a fim de verificar se os equilíbrios dos jogos são de fato deslocados quando incluímos os fatores emocionais no modelo.