Resultados de Busca

Agora exibindo 1 - 1 de 1
  • Dissertação
    Comportamento do preço das ações em virtude da expiração do período de lock-up em IPOs e follow-ons
    (2019) Talans, Loveley
    Um crescente número de estudos internacionais investigou a existência e o papel do lock-up em ofertas de ações. Com o intuito de verificar os efeitos de sua expiração nos preços e nos volumes das ações no mercado brasileiro, este trabalho examinou 157 IPOs e 156 follow-ons realizados no mercado local no período compreendido entre 2004 a 2019. Os resultados foram comparados aos retornos do Ibovespa e ao retorno esperado de carteiras de referência ajustadas aos fatores de risco de cada ativo. Seria esperado que a existência de investidores de private equity (PE) proporcionasse um impacto maior na intensidade da queda do retorno. Em IPOs foram encontradas evidências de retornos anormais positivos na amostra total, porém estatisticamente insignificantes, associados à expiração da primeira data de vencimento, de 180 dias. A presença de PE trouxe impacto relevante ao acentuar o retorno anormal negativo das ações, cuja queda atingiu -2,12% no mesmo período. Resultados mais consistentes e significantes foram observados na comparação dos retornos anormais obtidos após a expiração da segunda data de lock-up, de 360 dias: a amostra total apresentou retornos anormais de -2,11%, que, na presença de fundos de PE, intensificou-se para -3,03%. Os resultados encontrados, portanto, confirmam a hipótese de que, em IPOs com PE, existem evidências de queda de retorno tanto na primeira quanto na segunda janela, e a queda da segunda janela é confirmada com a análise de benchmark ajustado ao risco. Nesta janela, os resultados são confirmados com um aumento do volume de negociação superior a 30%. Em ofertas subsequentes, os resultados também indicam um efeito de queda de retorno, embora não sustentada pelo aumento de volume, mas esse efeito está concentrado nas transações sem PE.