Resultados de Busca

Agora exibindo 1 - 2 de 2
  • Trabalho de Conclusão de Curso
    Desigualdade de renda e IPTU nos municípios brasileiros
    (2016) Davidowicz, Tomas
    Essa monografia busca analisar o efeito da desigualdade de renda municipal sobre a arrecadação do IPTU. A teoria da economia política (institucional) mostra que nações com instituições inclusivas são mais adeptas ao desenvolvimento econômico. A partir tanto de uma revisão da literatura existente, quanto de uma análise empírica, o presente trabalho visa estudar a natureza das instituições brasileiras sob a ótica do rent seeking na esfera municipal. Usando dados de PIB per capita, coeficiente de GINI e IPTU, e técnicas econométricas para dados em painel para os anos de 2000 e 2010, encontrou-se evidências de que municípios mais desiguais possuem uma menor arrecadação do IPTU. Os resultados mostram que a elasticidade do IPTU em relação à desigualdade é de -2,5, ou seja, um aumento de 1% na desigualdade irá gerar, em média, uma redução de 2,5% no IPTU per capita – ceteres paribus. Tal implicação é condizente com a presença de instituições extrativas, menos próprias ao desenvolvimento econômico, nas quais grupos de interesse influenciam política e economicamente a sociedade de modo a obter maiores benefícios privados.
  • Relatório de pesquisa
    Testando Rent-Seeking no Brasil: Desigualdade e Arrecadação de IPTU nos Municípios Brasileiros
    (2018) Mahlmeister, Rodrigo; NAERCIO AQUINO MENEZES FILHO; Komatsu, Bruno Kawaoka
    Resumo: Esse artigo relaciona a desigualdade de renda e a arrecadação do IPTU nos municípios brasileiros. Com dados em painel para os anos de 2000 e 2010, avalia-se a existência de rent seeking (“captura pela elite”), através de lobby dos mais ricos junto aos prefeitos. Nossos resultados fornecem evidência estatística em favor de existência rent-seeking, pois a arrecadação de IPTU tende a diminuir com o aumento da desigualdade nos municípios, especialmente nos municípios mais pobres, mesmo após controlarmos por efeitos fixos e pelo valor do imputado dos alugueis. Além disso, entre os municípios mais ricos, encontramos associação positiva da desigualdade de renda com gastos com educação e cultura, o que poderia sugerir ausência de rent seeking e prevalência do eleitor mediano