Análise da sensibilidade dos spreads soberanos: um canal indireto de influência de fatores domésticos?

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Rossi Junior, Jose Luiz
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2007
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A análise da sensibilidade dos spreads soberanos a mudanças do ambiente internacional é foco do presente trabalho. Objetiva-se analisar se a sensibilidade dos spreads não é a mesma entre os diversos países emergentes e que parte destas diferenças pode ser relacionada a discrepâncias exibidas nos próprios fundamentos domésticos, o que cria um canal indireto de influência dos mesmos sobre a determinação do risco-país. Evidencia-se que medidas tais como taxa de crescimento do PIB, taxa de inflação e índice de vulnerabilidade externa afetam o grau de resposta dos spreads dos títulos soberanos a mudanças no quadro externo. Os resultados desta investigação corroboram o entendimento de que os governos devem implementar boas práticas de gestão macroeconômica, uma vez que é grande o peso dado pelos investidores à qualidade de tal prática.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Silva, Marcelo Leite De Moura E
Schwartsman, Alexandre
Área do Conhecimento CNPQ
Citação