O papel fundamental da administração frente às tomadas de controle

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Kleindienst, Ana Cristina Von Gusseck
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2017
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Essa monografia visa apresentar um posicionamento sobre o papel que os administradores de uma companhia aberta têm frente à tomada de controle da companhia que administram. O trabalho irá apresentar os principais mecanismos de defesa, preventivos ou repressivos que uma companhia tem para se defender de uma tomada de controle, seja ela hostil ou não, além disso o trabalho irá apresentar os principais deveres e obrigações dos administradores Com o número cada vez maior de companhias com o capital pulverizado no mercado, este tema passa a ter maior importância no Brasil, já que operações de tomada de controle passam a ser cada vez mais viáveis, o que fez a CVM inovar e criar autorregulações, que visam colocar o administrador das sociedades como peça fundamental para a ocorrência deste tipo de operação. O papel do administrador passa a ter uma grande importância uma vez que o seu papel fundamental será a negociação da operação, principalmente a escolha do mecanismo de defesa adequada para proteger o acionista controlador e minoritário de eventual tomada de controle. Para analisar esta problemática o trabalho foi dividido em quatro capítulos: o primeiro irá tratar sobre o poder de controle e quais as principais formas de controle existentes, o segundo capítulo irá tratar da tomada de controle, o terceiro capítulo será sobre os mecanismos de defesa existentes contra as tomadas de controle e, por fim, o quarto capítulo versará sobre a importância e o papel do administrador nos eventos de tomada de controle.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Kleindienst, Ana Cristina Von Gusseck
Área do Conhecimento CNPQ
Citação