Destaques

Submissões Recentes

Manual Recomendação nº 87/2021 Atendimento inicial e integrado a adolescente a quem se atribua a prática de ato infracional
(2022) Lanfredi, Luís Geraldo Sant'Ana; Costa, Natalia Albuquerque Dino de Castro e; Laurino, Renata Chiarinelli; Daufemback, Valdirene; Souza, Talles Andrade de; Zampier, Débora Neto
Air Drums, and Bass: Anticipating Musical Gestures in Accelerometer Signals with a Lightweight CNN
(2023) Tavares, Tiago Fernandes; Bertoloto, Lucas
Detecting gestures has often been performed using non-causal techniques such as Hidden Markov Models or pick-peaking and thresholding. They can present perceptible delay that harms their use in real-time scenarios, unless a very high sampling rate is used. In this work, we investigate a lightweight CNN-based neural network to predict and anticipate musical cues (i.e., drum hits or note onsets) from accelerometer signals. We show that our architecture is able to anticipate gestures using preparatory movements, such as raising the drumstick, thus being potentially usable in music- or gaming-related interactive devices.
Design e Fabricação de Órtese Ankle-Foot (AFO)
(2023) Ribeiro, ugusto Rocha; Parnes, Daniel; Kramer, Florencia Averame; Barros, Rodrigo Carvalho Monteiro de
Este projeto teve como objetivo o aprimoramento da fabricação da Órtese Tornozelo-Pé (AFO) produzida pela Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD). O projeto buscou produzir a órtese por manufatura aditiva (MA) utilizando a metodologia Fused Filament Fabrication (FFF), dando alternativas ao trabalho manual, automatizando o processo e otimizando massa, custo e propriedades mecânicas do produto. A massa final da peça devia ser igual ou menor, o custo não deveria aumentar em mais de 30%, mas era desejado que diminuísse, e a resistência mecânica devia ser igual ou superior à da órtese atual, permitindo leve flexão da região dos metatarsos, com o intuito de manter a marcha normal e um retorno de energia em cada passada. O tamanho de AFO escolhido está relacionado com o tipo de paciente a ser atendido, buscando que a órtese fabricada resista a carga de um paciente adulto, tratando de uma AFO de tamanho grande. Para a escolha do material, foram realizados ensaios de tração e compressão, dos quais se obteve o Módulo de Young e o Limite de Escoamento. Se escolheu o ABS entre os materiais ensaiados devido a sua alta resistência, rigidez e custo baixo. Para ter um modelo de AFO cujo teste fosse de fácil acesso, a perna de um dos integrantes do grupo foi escaneada e foram projetados modelos de AFO’s sobre ela. O design dessas órteses foi reforçado nas regiões críticas indicadas por simulações de elementos finitos (MEF), no software NX Siemens. A simulação foi validada realizando ensaios de flexão na órtese com regiões e níveis de aplicação de força equivalentes à simulação. Com a simulação validada, os modelos de AFO foram iterados para otimizar a sua resistência e conforto. O modelo final de AFO foi validado na marcha simples, já que a deformação obtida no ensaio de validação representou uma envergadura menor que os 5º de dorsiflexão natural do tornozelo. Se obteve, então, uma AFO com 58,62% da massa atual, aumento do custo para 111,51% do valor atual e aumento nas propriedades mecânicas de 308,06% no Módulo de Young atual e 142,96% no Limite de Escoamento atual.
Desenvolvimento de um equipamento portátil para recuperação e fortalecimento muscular
(2023) Finger, Erick; Sakabe, Fernando Kenji; Marquez, João Pedro Di Jardim; Ball, Pedro Villela
A prática da reabilitação de membros inferiores de pacientes em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) é importante para o bem-estar deles durante o período de internação e até mesmo após ele. O exercício de leg press na UTI preserva os membros inferiores e garante que músculos importantes para o equilíbrio dos pacientes, como os do quadríceps. Profissionais de fisioterapia realizam esses exercícios com os pacientes utilizando seus corpos como contrapesos. Esse tipo de reabilitação é cansativa e pode gerar lesões no profissional. O objetivo deste trabalho é desenvolver um equipamento de leg press destinado ao ambiente de UTI. O equipamento aqui proposto funciona a partir de um sistema pneumático. Este trabalho foi desenvolvido com o hospital Beneficência Portuguesa. Para realizá-lo foi utilizado o PDP (Processo de Desenvolvimento de Produto) a fim de gerar uma solução a partir das necessidades dos profissionais de fisioterapia. Foi obtido um projeto detalhado que consta informações para construção de um protótipo funcional.