Pactos parassociais nas empresas familiares: uma análise dos seus efeitos e do conflito de interesses

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Kleindienst, Ana Cristina Von Gusseck
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2017
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
As empresas familiares representam uma parcela importante a economia do Brasil e do Mundo, entretanto têm no viés pessoal a sua maior força e fragilidade tornando a sucessão entre gerações um desafio central. Dentre os seus maiores problemas está a informalidade nas relações que se estabelecem por meio de acertos verbais pautados na confiança, mas se poder de coerção e assunção de um compromisso real. O problema se torna mais grave com a pulverização acionária derivada da chegada de novos sócios herdeiros da geração anterior. Os pactos parassociais são instrumentos eficientes para a estabilização das relações, dando uma base segura para que os sócios organizados consigam uma ingerência mais eficiente sobre a empresa. O conflito de interesses é matéria recorrente para na análise da administração e se torna ainda mais polêmica quando esse se dá fruto de um acordo de sócios. O presente trabalho propõe considerações sobre os acordos de sócios firmados no seio da empresa familiar e a sua implicação nas questões ligadas ao conflito de interesses, que se torna ainda mais arriscado nesse tipo de sociedade empresária que tem o viés pessoal tão forte. Em arremate, se faz uma análise da mudança das características de tais pactos nas diferentes gerações das empresas familiares.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Citação