ADRIANA BRUSCATO BORTOLUZZO

Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Resumo profissional
Área de pesquisa
Nome para créditos

Resultados de Busca

Agora exibindo 1 - 10 de 122
  • Artigo Científico
    An overview of cancer/testis antigens expression in classical Hodgkin's lymphoma (cHL) identifies MAGE-A family and MAGE-C1 as the most frequently expressed antigens in a set of Brazilian cHL patients
    (2011) Inaoka, Riguel J; Jungbluth, Achim A; Baiocchi, Otávio CG; Assis, Mariane CG; Hanson, Nicole C; Frosina, Denise; Tassello, Jodie; ADRIANA BRUSCATO BORTOLUZZO; Alves, Antonio C; Colleoni, Gisele WB
  • Artigo Científico
    Is there heterogeneity among persistent high-growth firms?
    (2021) Monteiro, Guilherme Fowler A.; ADRIANA BRUSCATO BORTOLUZZO; Rosa, Pedro Lipkin P.
  • Artigo Científico
    Clinical and laboratory profile of juvenile-onset systemic sclerosis in a Brazilian cohort
    (2019) Sampaio-Barros, Percival D; ADRIANA BRUSCATO BORTOLUZZO; Del Rio, Ana Paula T; Luppino-Assad, Ana Paula; Andrade, Danieli CO; Marques-Neto, João Francisco
  • Working Paper
    Fatores de propensão à compra em canais de atendimento telefônico (Call Center)
    (2015) Gelape, Giovanni Léo; ADRIANA BRUSCATO BORTOLUZZO; DANNY PIMENTEL CLARO
  • Working Paper
    Building portfolios of stocks in the São Paulo Stock Exchange usingRandom Matrix Theory
    (2012) ADRIANA BRUSCATO BORTOLUZZO; Sandoval Junior, Leonidas; Venezuela, Maria Kelly
    Usando a Teoria da Matriz Aleatória, construímos matrizes de covariância entre ações da BM&F-Bovespa (Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo) que ´e limpa de parte do ruído devido `as interações complexas entre as muitas ações e `a quantidade finita de dados. Também utilizamos um modelo de regressão para remover o efeito do mercado devido ao movimento comum a todas as ações. Esses dois procedimentos são então usados na construção de carteiras baseadas na teoria de Markowitz, tentando obter melhores predições de risco futuro baseado em dados passados. Isto ´e feito para anos de baixa e de alta volatilidades do mercado financeiro brasileiro, de 2004 a 2010.
  • Artigo Científico
    Ticket consumption forecast for Brazilian championship games
    (2017) ADRIANA BRUSCATO BORTOLUZZO; Bortoluzzo, Mauricio Mesquita; Machado, Sérgio Jurandyr; Melhado, Tatiana Terabayashi; Trindade, Pedro Iaropoli; Pereira, Bruno Santos
    A estimação da demanda em eventos esportivos é uma questão crucial para a avaliação da eficiência de vendas e gestão de marketing de clubes desportivos. Estimativas mais precisas permitem que seja feito um plano financeiro e operacional mais adequado e que o serviço prestado aos fãs possua maior qualidade. O foco deste estudo é analisar e prever o consumo de ingressos em jogos de futebol nos estádios brasileiros. Foram comparados os resultados preditivos do modelo de regressão com erros normalmente distribuídos (benchmark), do modelo Tobit e do modelo linear generalizado com distribuição Gama. Os modelos incluem variáveis explicativas relacionadas com o ambiente econômico, a qualidade do produto, bem como incentivos monetários e não monetários que as pessoas possuem para assistirem aos jogos nos estádios. A maioria dessas variáveis foi estatisticamente relevante para explicar a quantidade de público pagante nos estádios. Foram utilizadas diferentes medidas de qualidade de previsão para avaliar o desempenho das previsões de demanda e concluímos que o modelo linear generalizado com distribuição Gama apresentou melhores resultados para previsão do consumo de ingressos para os jogos do Campeonato Brasileiro de futebol, quando comparados ao benchmark.
  • Artigo Científico
    Quality of life in systemic lupus erythematosus patients in Northeastern Brazil: Is health-related quality of life a predictor of survival for these patients?
    (2009) Freire, Eutilia; ADRIANA BRUSCATO BORTOLUZZO; Ciconelli, Rozana
    Objetivo: Identificar as características sociais, demográficas e clínicas que influenciam a sobrevida de pacientes com lupus eritematoso sistêmico (LES). Métodos: Sessenta e três pacientes com diagnóstico de LES foram selecionados no nosso serviço médico, avaliados em 1999 e revistos em 2005. Nas duas avaliações nós utilizamos um protocolo para obter dados sociais, demográficos e clínicos, índices de atividade e dano e a qualidade de vida através do SF-36. Todos os testes estatísticos foram executados usando um nível de significância de 5%. Resultados: Dos 63 pacientes examinados em 1999, seis morreram, quatro foram perdidos o contato e o protocolo precedente foi aplicado outra vez aos 53 pacientes restantes. Os seis pacientes que morreram apresentaram os piores índices de qualidade de vida, em todos os aspectos. O factor predictivo observado mais importante foi a baixa pontuação no domínio emocional do componente mental do SF-36 (p< 0.01). Conclusão: A qualidade de vida relacionada com a saúde pode ser usada como possível fator preditivo de mortalidade entre pacientes com LES.
  • Artigo Científico
    OS DETERMINANTES DA QUEDA DA DESIGUALDADE DE RENDA NAS REGIÕES BRASILEIRAS ENTRE 2001 E 2015
    (2020) Saad, Marina Guazzelli; ADRIANA BRUSCATO BORTOLUZZO; NAERCIO AQUINO MENEZES FILHO; Komatsu, Bruno Kawaoka
    Esse artigo busca sistematizar as explicações para a queda da desigualdade de renda, ocorrida no Brasil entre 2001 e 2015, analisando cada região e subperíodo separadamente, com foco nos programas sociais. Os resultados mostram que os rendimentos dos programas sociais e também as aposentadorias ganharam proeminência como fontes de renda em relação à renda do trabalho. Os rendimentos dos programas sociais contribuíram com 19% da redução da desigualdade de renda, especialmente no Norte e Nordeste, e nos períodos entre 2001-2004, e entre 2008-2012. Entretanto, sua contribuição diminuiu no Nordeste e aumentou no Sudeste, no início da grande recessão. Os rendimentos do trabalho contribuíram com 57% da queda da desigualdade e explicam por que ela caiu mais fortemente nas regiões Sul e Centro-Oeste. As aposentadorias e pensões oficiais contribuíram com 17% da queda da desigualdade, atuaram em todas as regiões do Brasil, e mais fortemente entre 2004 e 2012, período de grande aumento do salário-mínimo.
  • Working Paper
    Alocação do Investimento Direto Externo entre estados brasileiros
    (2012) Bortoluzzo, Mauricio Mesquita; ADRIANA BRUSCATO BORTOLUZZO; Sakurai, Sergio Naruhiko
    O investimento direto externo (IDE) tem se tornado cada vez mais relevante para a economia brasileira - a razão do fluxo de IDE sobre o PIB do país subiu de uma média de 0,6% na década de 1980 para 2,5% de 2001 a 2010 segundo dados da UNCTAD. Observa-se, contudo, uma grande iniquidade na distribuição deste investimento entre as Unidades Federativas brasileiras. O presente trabalho faz uma investigação sobre os fatores determinantes da localização do investimento direto externo entre estados brasileiros com base num estudo econométrico com dados em painel para os anos de 1995, 2000 e 2005. Os resultados apontam evidências de que os investimentos respondem positivamente ao tamanho do mercado consumidor, à qualidade da força de trabalho e à infraestrutura de transporte, e negativamente ao custo de mão de obra e a alta carga tributária.
  • Artigo Científico
    Estimating Total Claim Size in the Auto Insurance Industry: a Comparison between Tweedie and Zero-Adjusted Inverse Gaussian Distribution
    (2011) ADRIANA BRUSCATO BORTOLUZZO; DANNY PIMENTEL CLARO; Caetano, Marco Antonio Leonel; RINALDO ARTES