Influência de variáveis macroeconômicas na atividade de m&a no brasil de 2010 a 2021

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Okimura, Rodrigo Takashi
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2022
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A presente pesquisa pretende contribuir com o estudo de fusões e aquisições no Brasil ao analisar a relação entre variáveis macroeconômicas e a atividade de M&A no país. Para isso, foram utilizados dados sobre a frequência mensal de operações de fusão e aquisição completadas entre janeiro de 2010 e março de 2021 obtidos da PwC Brasil. Concluiu-se, através da análise de uma regressão linear multivariada, que a taxa de juros-meta definida pelo COPOM afeta negativamente o número de transações de M&A no Brasil no período em questão, enquanto o crescimento real do PIB esperado no ano seguinte e o índice IBOVESPA afetam positivamente a atividade de fusões e aquisições. Contudo, o índice IBOVESPA apresentou efeito praticamente insignificante. Além disso, as três variáveis analisadas são responsáveis por explicar aproximadamente 30% das variações no número de operações de M&A realizadas no país entre janeiro de 2010 e março de 2021. Ademais, os resultados encontrados estão alinhados com muitos dos resultados já documentados na literatura empírica sobre o assunto.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Silva, Cinthia Barbosa da
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Exatas e da Terra
Citação