A luta contra a desigualdade de renda entre gêneros e raças: estamos vencendo ou perdendo?

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Madalozzo, Regina Carla
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2018
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Esse trabalho tem como objetivo estudar a desigualdade de renda entre diferentes grupos na economia brasileira. Dentro da desigualdade, o trabalho levanta argumentos para descrever qual o papel da discriminação estatística no diferencial de salários entre indivíduos, em linhas gerais qual parte da diferença salarial é atribuída fatores relacionados às características do grupo no qual esse indivíduo está inserido, mas não necessariamente está atrelada à produtividade efetiva da pessoa. A partir de então, o trabalho tem por objetivo avaliar se, ao longo dos últimos 10 anos, a discriminação vem aumentando ou mostra tendência de queda. A metodologia para decompor a discriminação utilizada é a metodologia de Oaxaca(1973). Por fim, a base de dados utilizada para se adequar aos objetivos desse trabalho é a Pesquisa Nacional por Domicilio (PNAD) dos anos de 2005, e 2015 com a finalidade de responder 2 perguntas. I) Demonstrar que há fundamentos na afirmação que as características de grupo (sexo e cor de pele) realmente afetam os rendimentos de um indivíduo. II) Observar a tendência de redução da disparidade de renda entre gêneros e raças é observável e consistente a longo prazo.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Madalozzo, Regina Carla
Área do Conhecimento CNPQ
Citação