Estimação do custo de capital do acionista de companhias de capital fechado no Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Pagano, Leonardo
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2010
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A estimação adequada do custo de capital do acionista é crucial no processo de avaliação de empresas. No entanto, a falta de informações públicas para companhias de capital fechado é um gargalo que permite a arbitrariedade. O melhor entendimento das variáveis que determinam o custo de capital do acionista bem como os melhores estimadores para casos específicos de ineficiência podem contribuir para uma avaliação cientificamente embasada. Este trabalho faz uma análise das principais metodologias propostas pela comunidade científica a fim de encontrar a melhor forma de estimar o custo de capital para o acionista de companhias fechadas no Brasil. Para isso, além da revisão literária, é proposto um modelo de estimação do componente de sensibilidade ao risco sistemático (beta) através de seus fundamentos. Os resultados mostram que o uso de variáveis dummies setoriais, apesar de apresentarem coeficientes intuitivos, eles não são estatisticamente significativos. O uso de metodologias econométricas mais avançadas pode apresentar melhores resultado.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Almeida, Ricardo José de
Silva, Ricardo Humberto Rocha da
Área do Conhecimento CNPQ
Citação