Analisar e comparar o comportamento das empresas de bens supérfluos e bens necessários durante a crise de 2008

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Venezuela, Maria Kelly
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2010
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Essa monografia tem como objetivo defender a hipótese de que as empresas de bens supérfluos sofreram, em média, um impacto de rentabilidade diferente das empresas de bens necessários durante a crise de 2008, de modo que o impacto das empresas de bens supérfluos foi pior, ou seja, as empresas de bens supérfluos tiveram em média uma queda maior em sua rentabilidade. Isto foi feito através da uma análise descritiva e de uma análise multivariada das variações trimestrais de dois índices financeiros, Retorno Sobre Patrimônio Líquido e Margem Bruta. A análise descritiva mostrou um comportamento diferente entre as médias das variações trimestrais dos índices, enquanto a análise multivariada mostrou que em média as empresas de bens supérfluos tiveram um impacto igual que as empresas de bens necessários.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Martins, Sérgio Ricardo
Pagano, Leonardo
Área do Conhecimento CNPQ
Citação