Convivência familiar: ferramenta fundamental para gestão das unidades de atendimento socioeducativo.

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2019
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este trabalho busca apresentar propostas que favoreçam a melhoria do processo de visitação da Fundação CASA, a partir dos os problemas identificados em entrevistas com familiares de adolescentes em privação de liberdade, assumindo, a importância da convivência familiar como fundamental para a gestão das unidades de atendimento socioeducativo. Foi adotada a metodologia de trabalho de campo com abordagem qualitativa e descritiva com aplicação de questionário semiestruturado, foram entrevistadas famílias de adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas de internação na cidade de São Paulo no período de janeiro a março de 2019. O trabalho apresenta, ainda, uma revisão bibliográfica sobre a necessidade e importância das relações familiares junto ao atendimento à adolescente em conflito com a lei. Em relação às percepções por meio das entrevistas, foram possíveis identificar algumas lacunas básicas que dificultam a convivência familiar positiva, o que impacta diretamente o processo participativo das famílias e a gestão das unidades. Os principais resultados indicam falta de estrutura para recepção e atendimento das famílias, violações de direitos, ausência de atividades durante o período da visita, e ainda, falta de informações sobre o funcionamento do atendimento. Deste modo, o presente trabalho contribui como propostas de melhoria de processo, visando solucionar os problemas observados entre o desenho institucional e a prática, tendo como objeto as unidades visitadas durante o trabalho de campo.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Bachur, João Paulo
Área do Conhecimento CNPQ
Citação