Teoria quantitativa da moeda: uma análise segundo a história do pensamento econômico

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Leite Neto, Fernando Ribeiro
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2015
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O artigo tem como escopo fazer uma análise histórica das contribuições dos principais autores acerca da Política Monetária, mais especificamente, no que tange a Teoria Quantitativa da Moeda. Para isso, partimos do início da teoria econômica no Iluminismo Europeu do século XVIII, sobre os pensamentos do pré-clássico David Hume (1752), onde damos continuidade para as contribuições dos clássicos, como David Ricardo (1810), e dos neoclássicos, como Alfred Marshall (1890). Seguimos então com a formalização dada por Irving Fisher (1911), as contribuições de Knut Wicksell (1898) e finalizamos com as críticas de John Maynard Keynes (1936). Desse modo, o artigo termina analisando o desenvolvimento da Teoria e sua coerência na contextualização em que foi criada, assim como no mercado de hoje.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Cantarino, Nelson Mendes
Oliveira, Vinicius de Bragança Müller e
Área do Conhecimento CNPQ
Citação