O Impacto da China na quantidade de acidentes de trabalho no Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2020
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este artigo pretende estudar se a quantidade cada vez maior de produtos primários exportados para a China, aumenta o número de acidentes de trabalho, por conta das condições precárias e sem regulamentações de trabalho, dado a relevância da China, já que esta é o principal parceiro comercial do Brasil. A metodologia utilizada será uma regressão linear múltipla de dois estágios, através da construção da variável que mensura o impacto da China e para representar o número de acidentes, será utilizado classificações de três tipos de acidente diferentes, acidentes típicos, doenças do trabalho e óbitos. Tal regressão será controlada pelo choque de importação da China e outras variáveis julgadas relevantes. Os resultados apresentam que o impacto da China é estatisticamente insignificante para todas as regressões feitas, o que impossibilita a interpretação deste efeito nas variáveis de acidente. Já algumas variáveis controle, como de quantidade de força de trabalho local e proporção de residentes rurais apresentaram efeitos negativos na quantidade de acidente de trabalho. Entretanto, parcela da força de trabalho do setor de agricultura apresentou um efeito positivo.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Madalozzo, Regina Carla
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Sociais Aplicadas
Citação