A relevância do rating e de outros fatores na determinação do rendimento das debêntures incentivadas no mercado brasileiro

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Gonçalves, Adalto Barbaceia
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2018
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O advento da Lei 12.431 de 2011 possibilitou a criação das debêntures incentivadas, também conhecidas como debêntures de infraestrutura. O presente estudo tem como objetivo abordar um tópico bastante estudado na literatura internacional, mas ainda de certa forma negligenciado no Brasil, o impacto do rating na precificação das debêntures incentivadas. O entendimento da composição do rendimento das debêntures é fundamental tanto para as companhias emissoras quanto para os investidores, visto que tal opção de financiamento está sendo cada vez mais usada em detrimento dos empréstimos bancários. Para o estudo, será utilizada uma base de dados composta de 98 debêntures emitidas entre o início de 2013 e final de 2017. Para tanto, o método dos mínimos quadrados ordinários será utilizado para testar a relevância e a influência do rating e de outros fatores, sendo estes as características da emissão e o estado da economia, na precificação das debêntures incentivadas. O estudo pôde concluir que: (i) a variável rating é significante para explicar o rendimento das debêntures; e (ii) a precificação das debêntures é imperfeita e está sujeita a fatores não econômicos.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Gonçalves, Adalto Barbaceia
Área do Conhecimento CNPQ
Citação