Impacto da política monetária e fiscal em um estado de calamidade pública: um modelo DSGE

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2020
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Em fun¸c˜ao `a r´apida dissemina¸c˜ao pelo mundo do v´ırus Covid-19, governos introduziram dr´asticas medidas de sa´ude p´ublica, como o isolamento e decreto de estado de calamidade p´ublica. Como substrato deste novo cen´ario, observou-se um comprometimento severo do fluxo de pessoas e mercadorias, uma redu¸c˜ao do consumo e, especialmente, uma crise de liquidez sem prescedentes. O objetivo deste estudo ´e avaliar o impacto das principais medidas iniciais de pol´ıtica monet´aria e fiscal anunciadas no Brasil no comportamento da economia dentro do arcabou¸co de um modelo de equil´ıbrio geral dinˆamico estoc´astico (DSGE) com fric¸c˜oes financeiras. Neste modelo, bancos com poder monopol´ıstico provˆem tanto dep´ositos quanto empr´estimos para firmas e indiv´ıduos heterogˆeneos. Ainda, o spread cobrado pelo banco depende dos seus requerimentos de capital e custos de ajuste dos pre¸cos. O modelo aqui apresentado foi proposto por Gerali et al. (2010), que analisa o papel da oferta de cr´edito nas flutua¸c˜oes do ciclo econˆomico para a Zona do Euro

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Sociais Aplicadas
Citação