Obrigação das companhias abertas publicarem detalhes de procedimentos arbitrais em suas demonstrações financeiras

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Roque, Pamela Gabrielle Romeu Gomes
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2018
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Requisito essencial para que o mercado de capitais se desenvolva hodiernamente é o acesso à informação. Caso não haja informação clara, precisa, tempestiva e constante, torna-se tarefa árdua o investidor ter conhecimento dos rumos da companhia, o que, em última instância pode acarretar em um subdesenvolvimento do mercado de capitais. Nos últimos tempos, a arbitragem apresentou imenso desenvolvimento com sua adoção como meio alternativo de solução de conflitos, apresentando, senão nos contratos celebrados entre as partes, nos regulamentos das Câmaras, a previsão de confidencialidade do procedimento. Assim, o presente trabalho tem como finalidade analisar, de um lado, o direito à informação do acionista, como decorrência do dever de informar do administrador, e de outro, o suposto conflito gerado com a confidencialidade da arbitragem. O foco do trabalho consistirá em averiguar o dever que as companhias teriam de publicar detalhes da arbitragem não apenas em fatos relevantes, mas também em suas demonstrações financeiras, para atender, assim, de forma completa, o seu dever de informar.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Roque, Pamela Gabrielle Romeu Gomes
Área do Conhecimento CNPQ
Citação