Os impactos da reforma trabalhista de 2017 sobre a jornada de trabalho das mulheres com filhos

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Viaro, Arthur Augusto
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2023
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este artigo acadêmico investiga como a reforma trabalhista de 2017 que flexibilizou a jornada de trabalho e introduziu outros benefícios ao trabalho de meio período impactou a decisão de alocação de tempo de mulheres com filhos no que se refere à participação no mercado de trabalho. Para realizar esta análise utilizaremos dados da PNAD Contínua e o método estatístico de Diferenças em Diferenças que permite analisar os impactos da reforma de 2017 sobre a participação destas mulheres no mercado de trabalho em relação a um grupo de controle específico, mulheres sem filhos. Os resultados sugerem que esta política levou a uma redução no número de horas trabalhadas para mulheres com filhos quando comparadas a mulheres sem filhos.

This paper looks to investigate how the Brazilian labor reform of 2017, which made the workday more flexible and introduced new benefits to the part-time worker, impacted the decision of time allocation of women with children. To evaluate what happened, we are going to use the statistical method of difference-in-difference with two-way fixed effects using the data from PNAD, which allow the examination of specific events due to the use of control groups. The results suggest that this policy led to a reduction in the number of hours worked by women with children compared to women without children.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
pt
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Citação