A influência das instituições e do governo nos níveis de renda per capita

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Gonçalves, Robson
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2008
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O tema principal a ser abordado nesse trabalho é a respeito de como a qualidade das instituições, sendo afetadas pelas políticas de seus governos, são capazes de levar as economias a obterem diferentes taxas de crescimento e de níveis de renda per capita Uma das teorias mais conhecidas no estudo do crescimento econômico de longo prazo foi desenvolvida inicialmente por Solow em 1956. Nesse modelo inicial Solow apresentou primeiro a renda dos países dependendo somente dos insumos de Capital e Trabalho, acrescentando posteriormente a variável referente ao progresso tecnológico do país e depois mais um ajuste foi feito acrescentando também diferenciações de capital humano entre os países. Porém esses modelos não são capazes de captar o motivo pelo qual os países possuem diferentes taxas de crescimento tecnológico e diferentes níveis de qualidade de capital humano, levando também a diferentes taxas de crescimento sustentado. Uma explicação utilizada por muitos estudiosos na explicação dessas variações não incorporadas no modelo de Solow seria as diferenças na qualidade das instituições de cada país. De acordo com relatório preparado pelo Banco Mundial em 2005 o conjunto dessas instituições é responsável por formar um ambiente adequado para o aumento do investimento privado e conseqüentemente da renda dos países. Desse modo seria possível explicar as diferenças nas taxas e crescimento e nível de renda per capita e como poderiam ser alteradas de acordo com mudanças nas políticas e medidas adotadas pelos governos. Por esse motivo Hall e Jones (1999) desenvolvem um modelo alternativo aonde a variável dependente da renda per capita para diversos países é explicada por uma variável chamada por ele de infra-estrutura social, que representa a qualidade das instituições e das políticas governamentais. Nesse trabalho é desenvolvido um modelo similar ao de Hall e Jones (1999), utilizando inicialmente 10 variáveis representando a qualidade do ambiente de investimentos de 178 países para o ano de 2007. Algumas dessas variáveis se mostram insignificantes, porém 6 delas se mostram muito importantes da explicação das diferenças de renda per capita entre esses países.

Palavras-chave
Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Mascolo, João Luiz
Carvalho, Alexandre de
Área do Conhecimento CNPQ
Citação