Modelos de características e fatores de risco: um estudo no mercado acionário brasileiro

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Brito, Ricardo Dias De Oliveira
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2014
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O trabalho de Daniel e Titman (1997) abriu espaço para uma nova discussão sobre se o prêmio do retorno dos ativos está relacionado com o tamanho e o índice book-to-market das empresas por se tratarem de características da empresa ou por serem proxies de fatores de risco, como sugerido por Fama e French (1993). O objetivo dessa dissertação é avaliar se os retornos médios dos ativos no mercado acionário brasileiro são melhor explicados pelo modelo de fatores de risco ou pelo modelo de características. Nesse trabalho, foram consideradas todas as empresas cotadas na Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo no período de 1995 a 2013. Os resultados encontrados sugerem que o modelo de fatores de risco em alguns momentos explica melhor o retorno médio dos ativos do mercado acionário brasileiro do que o modelo de características.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Lyrio, Marco Túlio Pereira
Martins, Bruno
Área do Conhecimento CNPQ
Citação