Governança corporativa em empresas de controle familiar

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Roque, Pamela Gabrielle Romeu Gomes
Kleindienst, Ana Cristina Von Gusseck
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2017
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
As empresas de origem familiar são maioria no Brasil e são constituídas das mais variadas formas e tamanhos, desde pequenas microempresas instaladas em garagens e fundo de residências, até grandes conglomerados financeiros organizados de forma complexa e expandidos internacionalmente, sendo, assim, responsáveis pela formação e desenvolvimento da economia brasileira. Ressalta-se que, em um cenário de maior competitividade no Brasil e no exterior, é de suma importância traçar estratégias de fortalecimento das empresas através da adoção de regras simples de Governança Corporativa, que visam trazer maior confiabilidade na empresa perante todo o mercado. A atualidade da discussão deste tema pelo número sempre crescente de empresas familiares e pela edição cada vez mais maciça de regras de Governança Corporativa visam tornar o mercado brasileiro mais atrativo aos investimentos, internos e externos, tanto no mercado de capitais quanto em empresas de capital fechado que buscam atrair investidores interessados no desenvolvimento do negócio mediante aporte de recursos a longo prazo. Neste sentido, serão abordados temas como a evolução histórica do Direito Societário, a Governança Corporativa e seus conceitos, o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa, a definição e importância dos órgãos deliberativos nas Companhias, a definição de controle no Direito Societário e como tal controle, em empresas familiares, pode determinar as regras de Governança Corporativa. É analisado, ainda, um caso prático envolvendo o Grupo Votorantim, empresa de controle familiar, demonstrando como a aplicação das regras de Governança Corporativa tornou tal grupo mais forte, ao adotar medidas que visavam, frisa-se, separar a discussão familiar da gestão diária do negócio, para evitar a contaminação do patrimônio empresarial com o patrimônio e os anseios pessoais.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Roque, Pamela Gabrielle Romeu Gomes
Kleindienst, Ana Cristina Von Gusseck
Área do Conhecimento CNPQ
Citação