Análise de custo-benefício do desmatamento na Amazônia para atividade pecuária.

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Vinícius Picanço Rodrigues
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2021
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O presente estudo realiza uma análise de custo-benefício da conversão de áreas florestais na Amazônia para sistemas pastoris extensivos, com o objetivo de entender se os benefícios gerados com o desflorestamento para atividade pecuária na região – estimados pelo Valor Presente Líquido (VPL) de simulações de investimento em sistemas extensivos de pastagens -, superam os custos econômicos envolvidos. Custos estes que são referentes ao Valor Econômico Total (VET) da floresta quando mantida em pé, medido pela valoração monetária dos principais serviços ecossistêmicos fornecidos pela Amazônia. A análise, feita mediante comparação do VPL por hectare do sistema pastoril com o VET por hectare de floresta conservada, mostrou que os custos associados ao desmatamento para atividade pecuária de corte extensiva na Amazônia excedem, em muito, os benefícios, tanto sob uma perspectiva privada local, como nacional e internacional. Por fim, conclui-se que o trade-off de se optar pelo desmatamento da floresta para este fim ainda predominante na região não faz sentido econômico, e limita o potencial de desenvolvimento socioeconômico das comunidades locais e de todo o país.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Vinícius Picanço Rodrigues
Daniel Guzzo
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Exatas e da Terra
Citação