Os Determinantes da Realização de Cesárias no Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Autores
Magalhães, Manuela Mesquita de
Melo, Carolina Pedrosa Gomes de
Komatsu, Bruno Kawaoka
Orientador
Co-orientadores
Tipo de documento
Relatório de pesquisa
Data
2019
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O objetivo do presente artigo é investigar os determinantes da alta taxa de cesáreas no Brasil, estudando o impacto da existência de um hospital na cidade de residência da mãe e do percentual de leitos obstétricos voltados ao SUS em hospitais privados sobre a taxa de cesáreas. Para isso, foram construídos painéis de dados mensais a nível hospitalar e a nível de município de residência das mães, de 2006 a 2016, e um painel com todos os nascidos vivos em hospitais com leitos obstétricos em 2016. Como resultado, verifica-se uma redução da taxa de cesarianas quando se constrói um hospital no município de residência da mãe, e uma redução da taxa a nível hospitalar conforme o hospital aloca mais leitos obstétricos para o SUS. Além disso, foi verificada uma probabilidade maior de que o parto ocorra em dias úteis para cesarianas, hospitais privados sem leitos obstétricos voltados ao SUS, mães brancas, mais escolarizadas e casadas, sugerindo a incidência de fatores não médicos sobre a probabilidade de cesárea eletiva agendada.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Sociais Aplicadas
Citação