Teoria da renda permanente, restrição de crédito e formação de hábito: Uma análise usando dados trimestrais

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Gomes, Fabio Augusto Reis
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2009
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O presente trabalho testar três teorias distintas sobre a decisão de consumo: teoria da renda permanente (TRP), formação de hábito e regra de bolso, que consiste no consumo da renda corrente. O teste é feito para o Brasil, com dados trimestrais para o período entre janeiro de 1991 e dezembro de 2008. Os resultados aqui encontrados estão em conformidade com os principais resultados da literatura nacional, no qual grande parte da população brasileira está restrita a consumir sua renda corrente, e de que exitem evidências de restrição à crédito. Também em linha com esta literatura a hipótese de formação de hábito nas preferências de um consumidor representativo não se mostrou significante.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Citação