O impacto de barreiras comerciais e de subsídios no nível de exportação brasileiro

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Campos, Camila de Freitas Souza
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2020
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O objetivo desse estudo é analisar o impacto de medidas comerciais no desempenho das exportações Brasileiras, sendo esse impacto divido entre: subsídios à exportação e as chamadas barreiras comerciais. O crescimento de medidas não tarifárias foi significante nos últimos tempos e está associado ao fato de que hoje em dia muitos países pertencem a OMC, e possuem regras referentes a imposição de barreiras comerciais tarifárias, fazendo com que essas medidas sirvam de forma alternativa para o protecionismo em relação ao crescimento da concorrência do comércio mundial. Esse protecionismo é derivado do fato de que o aumento da concorrência mundial no comércio faz com que o nível de exportação caia em alguns países, e consequentemente o desemprego aumente. O modelo que será utilizado para tentar responder essa pergunta é uma variação do gravity model, proposto por Evenett e Fritz (2017). O resultado esperado é de que tanto os subsídios à exportação quanto as barreiras comerciais impostas por outros países ao Brasil reproduzem resultados negativos no nível de exportação Brasileiro.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Madalozzo, Regina Carla
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Sociais Aplicadas
Citação