Coleção de Artigos em Andamento [Working Papers]

URI Permanente para esta coleção

Navegar

Submissões Recentes

Agora exibindo 1 - 20 de 55
  • Working Paper
    Bank debit taxes: yield vs. disintermediation
    (2003) Kirilenko, Andrei; Summers, Victoria P.
  • Working Paper
    Bad taxation: disintermediation and illiquidity in a bank account debits tax model
    (2006) Albuquerque, Pedro H.
    This paper uses a dynamic general equilibrium model to study the economic effects of bank account debits (BAD) taxation. Australia and various Latin American countries have levied or levy BAD taxes. Aspects such as financial disintermediation, market illiquidity, and impacts on dividend and interest rates are considered. Part of the BAD tax revenue may be fictitious, due to increased interest payments on government debt. The Brazilian BAD tax (CPMF) experience is evaluated. The empirical analysis confirms some theoretical predictions. Incidence base over GDP appears to be sensitive to the tax rate, possibly engendering a Laffer curve. The tax may also cause real interest rates to increase. Furthermore, the deadweight losses are relatively large, even if revenues are small. The theoretical and empirical results suggest that the BAD tax is not adequate for revenue collection.
  • Working Paper
    Reconciling financial and social performance through heterogeneous business models: an empirical study of impact-oriented investors
    (2017) SERGIO GIOVANETTI LAZZARINI; SANDRO CABRAL; Pongeluppe, Leandro Simões; Ferreira, Luciana Carvalho de Mesquita; Rotondaro, Angélica
  • Working Paper
    Desigualdade Racial e de Gênero nas Eleições Municipais no Brasil
    (2022) SERGIO PINHEIRO FIRPO; França, Michael; Portella, Alysson; Tavares, Rafael
    Este trabalho contribui com a literatura que procura estimar os desequilı́brios raciais e de gênero na representação polı́tica municipal brasileira. Para isso, utilizamos dados das eleições de prefeitos e vereadores de 2016 e 2020 com o intuito de investigar em que medida mulheres negras, homens negros e mulheres brancas estão sub-representados em relação aos homens brancos em nosso sistema polı́tico local. Nossa análise revela altos nı́veis de desequilı́brios, em especial na dimensão de gênero. Para prefeitos, os desequilı́brios são altos quando consideramos tanto as candidaturas quanto os que foram eleitos. No caso dos vereadores, o desequilı́brio é maior entre os eleitos. Adicionalmente, verificamos que havia uma alta desigualdade no financiamento de campanhas em favor de homens brancos em 2016, que se reverte em favor das mulheres em 2020. Contudo, essa mudança não foi capaz de alterar os baixos nı́veis de representação feminina na polı́tica local.
  • Working Paper
    Steering a green, health , and inclusive recovery through transport
    (2021) Fried, Travis; Welle, Benjamin; Avelleda, Sergio
    Highlights ▪ The pandemic and resulting economic fallout have upended means of mobility, such as public transport and air travel. ▪ This report evaluates how countries, cities, and companies have allocated funds, directed policies, or launched actions that impact the transport sector. It provides evidence of how these interventions could shape long-term economic recovery that addresses climate, health, safety, and equity goals. ▪ This study analyzes roughly US$298 billion in global stimulus funds committed to the transport sector between March 2020 and February 2021. Of these funds, roughly 44 percent have gone to subsectors with positive implications for climate and sustainability goals. ▪ We are at a critical moment to steer national investments, local and country-level regulations, and private-sector commitments toward sustainable transport. ▪ This paper identifies several intersectional opportunities and explores five key opportunities and action areas for transport decarbonization and public-private participation for countries, cities, and companies. These areas are public transport, walking and bicycling, vehicle electrification, rail, and research and development (R&D). Actions in these areas can help decarbonize transport while creating jobs, increasing equity, improving road safety, and reducing air pollution.
  • Working Paper
    Desigualdade Racial nas Eleições Brasileiras
    (2022) SERGIO PINHEIRO FIRPO; França, Michael; Portella, Alysson; Tavares, Rafael
  • Working Paper
    Social Inequality from the perspective of the Racial Balance Index
    (2021) SERGIO PINHEIRO FIRPO; França, Michael; Portella, Alysson
  • Working Paper
    Racial Inequality in Health Care During a Pandemic
    (2020) Bruce, Raphael; SERGIO PINHEIRO FIRPO; França, Michael; Meloni, Luis
  • Working Paper
    Descriptive Representation in Politics: A Measurement Proposal and Application for Brazil
    (2023) SERGIO PINHEIRO FIRPO; França, Michael; Pereira, Leila; Tavares, Rafael
  • Working Paper
    Is Meritocracy Associated with Higher Innovation? An Empirical Examination with Brazilian Firms
    (2012) SERGIO GIOVANETTI LAZZARINI; Barros, Henrique M.
  • Working Paper
    Políticas públicas para a redução do abandono e evasão escolar de jovens
    (2017) RICARDO PAES DE BARROS; Amiris, Paula; Garcia, Beatriz; Saores, Camila; Coutinho, Diana; Gall, G.; Machado, Laura Muller
  • Working Paper
    Panorama da Cobertura Vacinal do Brasil, 2020
    (2021) LETICIA FARIA DE CARVALHO NUNES
    A vacinação foi eleita sucessivamente uma das dez maiores conquistas da saúde pública no último século, sendo responsável por uma incrível redução da morbidade e mortalidade por doenças infecciosas em todo o mundo (CDC 1999, 2011). Estimativas revelam que vacinas administradas entre 2000 e 2030 em países de baixa e média renda podem prevenir 69 milhões de mortes, principalmente entre crianças de até 5 anos (Li et al. 2021). E, nesse último ano, a pandemia de COVID-19 reforçou o papel revolucionário da vacina na saúde global, que se tornou o principal instrumento para que o atual cenário seja superado. O presente relatório acompanha a evolução da cobertura vacinal no Brasil nos últimos anos e fornece um panorama da situação em 2020, primeiro ano da pandemia, para nove imunobiológicos presentes no Calendário Nacional de Vacinação: poliomielite, tríplice viral (primeira dose), BCG, pentavalente, hepatite B (em crianças até 30 dias), hepatite A, pneumocócica, meningocócica C e rotavírus humano. O objetivo é contribuir para o monitoramento e a análise das políticas de vacinação no país, de forma a identificar avanços e retrocessos em diferentes níveis geográficos, e estimular o debate sobre problemas e possíveis soluções. Documentar, monitorar e avaliar as políticas de saúde é essencial para garantir que elas entreguem o que se propõem à sociedade.
  • Working Paper
    Vacinas: Historia, Lições Recentes e Atual Cobertura no Brasil
    (2021) LETICIA FARIA DE CARVALHO NUNES
  • Working Paper
    A Regionalização da Saúde no Brasil
    (2022) LETICIA FARIA DE CARVALHO NUNES; Rocha, Rudi; Rache, Beatriz
    RESUMO EXECUTIVO – A regionalização é vista como uma prioridade de política pública em saúde no Brasil, mas ainda é um trabalho em andamento. No entanto, apesar de existir grande esforço de pesquisa sobre o tema, muitas questões importantes persistem, por exemplo: (i) em que medida a regionalização avançou no país?; (ii) tem sido de fato induzida pelas normas federais?; (iii) quais os fatores que têm permitido a indução ou que têm restringido o movimento do sistema em direção à organização regional? Neste estudo, realizamos uma ampla análise empírica sobre padrões de expansão e reorganização de serviços de saúde, recursos hospitalares e fluxos de internação entre municípios ao longo das últimas duas décadas com o objetivo de avaliar se houve uma reorganização do sistema em direção a um desenho regional, e se este movimento se relaciona às normativas introduzidas. Ressaltamos desafios a um funcionamento mais regional da saúde no Brasil. O processo de descentralização do SUS e a falta de uma instância regional formal no pacto federativo dificultam a cooperação entre os entes federados. Ainda, outro desafio importante refere-se à falta de uma entidade regional com autonomia e financiamento próprio.
  • Working Paper
    Managing trust relationships: evidence of the purchasing perspective of agrochemical distributors
    (2007) DANNY PIMENTEL CLARO; PRISCILA BORIN DE OLIVEIRA CLARO
  • Working Paper
    Entendemos sustentabilidade em sua plenitude? Análise de fatores que influenciam a interpretação do conceito
    (2005) PRISCILA BORIN DE OLIVEIRA CLARO; DANNY PIMENTEL CLARO
    Nota-se que as empresas encontram dificuldades em associar discursos e práticas gerenciais a interpretação completa da definição de sustentabilidade. O objetivo deste estudo é identificar a interpretação que o indivíduo atribui ao termo sustentabilidade e por sua vez analisar fatores que influenciam tal interpretação. Os fatores selecionados na pesquisa foram: escolaridade, o tipo de tarefa que desempenha na empresa, o discurso organizacional e as práticas organizacionais. 70 funcionários, de duas empresas líderes regionais em seus setores, foram entrevistados através de um questionário estruturado. De acordo com os resultados das análises do modelo estimado, o termo de sustentabilidade é mais bem compreendido dado o aumento da escolaridade e de práticas gerenciais sociais. Existe um efeito negativo das práticas gerenciais econômicas na interpretação do conceito de sustentabilidade. Esta pesquisa conclui que embora muito discutido teoricamente, o significado do termo não é claro para a maioria das pessoas o que impede que mudanças significativas em prol da sustentabilidade sejam colocadas em prática de forma efetiva.
  • Working Paper
    Efficient Complete Markets Are the Rule Rather thanthe Exception
    (2015) JOSÉ HELENO FARO; Chateauneuf, Alain; Araujo, Aloisio
  • Working Paper
    Short-selling restrictions and returns: a natural experiment
    (2017) MARCO ANTONIO CESAR BONOMO; JOÃO MANOEL PINHO DE MELLO; Mota, Lira
  • Working Paper
    Loan fee dispersion and the cross-section of returns
    (2017) Barbosa, Fernando; MARCO ANTONIO CESAR BONOMO; Mota, Lira