Fatores determinantes para o volume de IPOs no Brasil: um olhar sobre a incerteza de política econômica doméstica

dc.contributor.advisorAdriana Bruscato
dc.contributor.authorJúlia Fuks Ribeiro
dc.coverage.cidadeSão Paulopt_BR
dc.coverage.paisBrasilpt_BR
dc.creatorJúlia Fuks Ribeiro
dc.date.accessioned2022-05-11T12:24:59Z
dc.date.available2022-05-11T12:24:59Z
dc.date.issued2021
dc.description.abstractO nível de atividade no mercado de Ofertas Públicas Iniciais (IPOs) varia substancialmente ao longo do tempo.Na academia, diversos artigos jámapearam os fatores macroeconômicos que influenciam essa flutuaçãoparadiferentes países.Paralelamente, outros estudos já investigaramos efeitos da incerteza de política econômica em diferentes frentes do mercado financeiro, indicando que este é um tema já bastante explorado mas que todavia se mostra incipiente para o mercado deIPOsem específico. Estes estudos que investigam a incerteza utilizaramcomo proxyem sua maioriao Economic Policy Uncertanty Index (EPU), um índice que se tornou o principal instrumento para medir a incerteza de política econômica ao redor do mundo. Levando todos esses fatores em consideração, aliado ao fato deo Brasil ter se mostrado historicamente um país com um mercado de capitais sensível a um ambiente de incertezas,o presente estudo se propôs a explorar de forma quantitativa os fatores determinantes para ovolume de IPOs no Brasil, com umfoco na incerteza de política econômica doméstica,medida através do EPU-Brasil.A aplicação econométrica se deu através da estimação dosmodelos VAR(1) e VAR(2)com dados de frequência mensalpertencentes ao período entre janeiro de 2005 e dezembro de 2020. Ambos os modelos tinham como variáveis endógenas tanto a variação volume financeiro emitido em IPOs no Brasil quanto a variação do número absoluto de IPOs realizados, e como exógenas diversas variáveis de mercado –incluindo o EPU-Brasil. Os principaisresultados evidenciariam que a flutuação da atividade no mercado de IPOsno Brasil(i)tem um componente autorregressivo, que afeta a variação da atividade de forma negativa, (ii) é influenciada positivamente pelo crescimento da demanda das firmas privadas por capital, via o crescimento da atividadeeconômicae, por fim e sendo o objeto de maior interesse do TCC,(iii) que é negativamente influenciada pelaassimetria de informação entre os executivos das firmas e os investidores, através docanal de incerteza de política econômicadoméstica, medidapelo EPU-Brasilpt_BR
dc.description.otherInitial Public Offerings (IPOs) market activityfluctuates substantially overtime, and several articles mapped macroeconomic factors that influence this variationacross differentcountries. In parallel, variousstudiesinvestigated the effects of economic policy uncertainty overdifferent financial market areas, but rarely targeting IPO market fluctuations.These studies investigating uncertainty mostly used as a proxy the Economic Policy Uncertainty Index (EPU),anindex that has become a key instrument for measuring economic policy uncertainty.Taking all those factors into consideration, aligned with the fact that Brazil has historically shown itself as acountry with a capital market sensitive to an uncertainenvironment, this study quantitatively exploredthe determinants of IPOvolume in Brazil, with an emphasison the domestic economic policyuncertainty, measured through EPU-Brazil.Empirical tests include both VAR(1) and VAR(2) econometric models, relyingon monthly frequency data between January 2005 and December 2020. Both models had as endogenous variables the variation financial volume issued in IPOs in Brazil and the variation in the absolute number of IPOs performed, and as exogenous several market variables –including EPU-Brazil. Results indicate thatthefluctuation of theBrazilian IPOmarket (i) has an autoregressivecomponent, which negativelyaffects fluctuation, (ii) is positively impactedby private firms’ aggregate demand for capitaland (iii) is negatively impacted byan increase ininformation asymmetry between firm executives and investors,detectedthrough the significant domestic economic policy uncertaintycomponent, measured by EPU-Brazil.pt_BR
dc.description.qualificationlevelGraduaçãopt_BR
dc.format.extent37 p.pt_BR
dc.format.mediumDigitalpt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/3202
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rights.licenseTodos os trabalhos presentes nesta Coleção podem ser acessados, mantendo-se os direitos dos autores pela citação da origem.pt_BR
dc.subjectIPOpt_BR
dc.subjectMercado de Capitaispt_BR
dc.subjectIncerteza de política econômicapt_BR
dc.subject.keywordsIPOpt_BR
dc.subject.keywordsCapital Marketspt_BR
dc.subject.keywordsEconomic Policy Uncertaintypt_BR
dc.titleFatores determinantes para o volume de IPOs no Brasil: um olhar sobre a incerteza de política econômica domésticapt_BR
dc.typebachelor thesis
dspace.entity.typePublication
local.contributor.boardmemberAdriana Bruscatopt_BR
local.contributor.boardmemberSérgio Ricardo Martinspt_BR
local.subject.capesCiências Exatas e da Terrapt_BR
local.subject.capesCiências Sociais Aplicadaspt_BR
local.subject.cnpqCiências Exatas e da Terrapt_BR
local.subject.cnpqCiências Sociais Aplicadaspt_BR
local.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 2 de 2
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
Júlia Fuks Ribeiro_Trabalho
Tamanho:
552.63 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
TEXTO COMPLETO
N/D
Nome:
Júlia Fuks Ribeiro_Termo de Autorização
Tamanho:
558.9 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
INDISPONÍVEL - Autorização do aluno
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
N/D
Nome:
license.txt
Tamanho:
282 B
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: