A popularidade do governo como instrumento preditivo para crises financeiras em mercados em desenvolvimento

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2020
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Crises financeiras são frequentes ao longo da história e têm efeitos socioeconômicos negativos duradouros em diversas nações. Em 2020, a descoberta de bons instrumentos preditivos para crises financeiras continua na fronteira da pesquisa econômica. A literatura apresenta booms de crédito como o pricipal fator para a previsão de crises financeiras em países emergentes. Este artigo averigua a ligação entre fatores puramente políticos e crises financeiras, de modo a melhor compreender qual o efeito e a intensidade de fatores políticos nessa dinâmica, considerando-se também fatores do ambiente regulatório. Este estudo conclui que o aumento do nível de popularidade do governo, os chamados booms de popularidade, tem grande efeito no aumento da probabilidade futura de incidência de crises financeiras em países em desenvolvimento, indo além do poder preditivo de booms de crédito e de regulamentação do sistema financeiro.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Sociais Aplicadas
Citação