Derivação da regra de juros e comparativo com Selic Efetiva (2002-2021)

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Gamboa, Ulisses Ruiz de
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2023
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A ideia central deste trabalho é estimar uma função de reação do Banco Central Brasileiro, baseado na regra de Taylor no período de 2002 a 2021. Com dados do IBGE e Bacen, buscou entender se a autoridade monetária nacional seguiu um padrão no controle da inflação. Para a estimação das equações e inferência estatística, utilizou-se da econometria de séries temporais. A partir das análises realizadas, é apresentado um modelo de equação para o Brasil, destacando o impacto das variáveis atreladas à inflação passada e à taxa Selic. O principal resultado encontrado no presente estudo expõe que a economia brasileira ainda tem uma política de metas de inflação robusta e clara, sendo menos suscetível a choques. A amostragem é significativa no período analisado, sendo eficiente o modelo proposto.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
pt
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Citação