Uma Investigação Sobre Como a Valoração do Mercado (Momentos de Alta e de Baixa) Influencia o Desempenho das Operações de Fusões e Aquisições no Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Autores
Orientador
Co-orientadores
Tipo de documento
Working Paper
Data
2010
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O objetivo deste artigo é investigar se o fato de uma aquisição ocorrer em um momento de alta (ações superavaliadas) ou baixa valoração (ações subavaliadas) influencia no desempenho da operação de fusão e aquisição (F&A). A amostra de dados contém 110 operações de fusões e aquisições ocorridas no Brasil entre 1993 e 2007, nas quais a empresa compradora tem ações negociadas na BOVESPA. O desempenho das operações de F&A foi medido pelo retorno anormal acumulado das ações das empresas compradoras ao redor do dia do anúncio e após um ano da operação. A metodologia empregada consiste em testes de diferença de média e regressões robustas a heterocedasticidade, controlando-se por outras variáveis que influenciam o desempenho de operações de F&A. Os resultados indicam que o nível de valoração do mercado no momento do anúncio do negócio tem influência no desempenho das ações da compradora tanto no curto quanto no longo prazo. Foram encontradas evidências de que as aquisições efetuadas em momento de baixa valoração tem desempenho significativamente superior ao mercado no curto prazo, mas significativamente inferior ao mercado no longo prazo. As evidências encontradas suportam que as operações de F&A anunciadas em momentos de aquecimento do mercado apresentaram retornos inferiores aos de meses de baixa valoração no curto prazo e superiores no longo prazo. As evidências brasileiras são contrárias às encontradas na literatura para os Estados Unidos e Reino Unido.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Sociais Aplicadas
Citação