Presença, entrada e competição de bancos estrangeiros em mercados locais

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Barbosa, Klenio De Souza
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2018
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este trabalho estuda a decisão de entrada e presença de bancos estrangeiros em mercados locais, e como é a conduta competitiva entre esses bancos e os bancos nacionais, seguindo o modelo proposto por Bresnahan e Reiss (1991), e adaptado para o mercado bancário por Mello, Coelho e Rezende (2013). A partir da premissa de que um banco estrangeiro decide entrar em um mercado, e permanecer neste, se o lucro for maior ou igual a zero, encontramos evidências empíricas de que o PIB atua como tamanho de mercado, e este tem impacto representativo para a possibilidade de lucratividade dos bancos, sendo que quanto maior for o tamanho do mercado, maior o lucro, e assim maior a presença de bancos estrangeiros. A concorrência de outros bancos estrangeiros no mercado impacta negativamente a lucratividade, de forma que existe um tamanho de mercado mínimo para que um número de bancos possa atuar lucrativamente. Também foram encontradas evidências empíricas de que bancos nacionais não atuam como concorrentes diretos dos bancos estrangeiros e impactam de forma mínima na possibilidade de lucratividade deles

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Moita, Rodrigo Menon Simoes
Rocha, Bruno De Paula
Área do Conhecimento CNPQ
Citação