Determinação da taxa de câmbio: uma aplicação de modelos econômicos à economia brasileira

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Silva, Marcelo Leite De Moura E
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2006
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
As variáveis econômicas explicam e ajudam a prever a taxa de câmbio? Neste trabalho, utilizando o Método Generalizado de Momentos e dados mensais de março de 1999 a dezembro de 2005, estimam-se os modelos econômicos para determinação da taxa de câmbio: Modelo Monetário de Preços Flexíveis (FPMM) e sua vertente do Asset Model, Modelo Monetário de Preços Rígidos (SPMM) e o Modelo Composto (MC), que inclui elementos dos modelos de ajuste de portfolio. Além dos três modelos econômicos, estimou-se, também, um modelo baseado em variáveis real time. Testa-se a significância das variáveis econômicas para explicar a evolução da relação entre o Real e o Dólar e a capacidade de esses modelos preverem a taxa nominal de câmbio para períodos fora da amostra analisada. Dadas as peculiaridades de uma economia emergente e com elevada participação de commodities na pauta de exportação, como a brasileira, adicionam-se aos modelos tradicionais variáveis, como o EMBI+ Brasil, os termos de troca brasileiros, um índice de preços internacionais de commodities e o diferencial de produtividade relativa do setor de bens não-comercializáveis, de forma a melhorar a capacidade de explicação e previsão desses modelos. Conclui-se que as variáveis econômicas, entre elas, medidas de percepção de risco, como o EMBI+ Brasil, o diferencial de juros de longo prazo e os termos de troca, explicam o comportamento da taxa de câmbio para toda a amostra. Para previsões fora da amostra, algumas especificações dos modelos econômicos conseguem prever o câmbio futuro melhor que um passeio aleatório sem constante, quando se utiliza o Erro Quadrático Médio como critério de comparação das previsões para períodos mais longos (6 e 12 meses à frente). De forma geral, o melhor modelo para previsão fora da amostra é o Asset Model, no qual a taxa de câmbio hoje seria o valor presente descontado dos fundamentos futuros da economia esperados no instante t.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Rossi Junior, Jose Luiz
Pastore, Afonso Celso
Área do Conhecimento CNPQ
Citação