Uma investigação das possibilidades e limites explanatórios do modelo econômico de escolha intertemporal com desconto hiperbólico

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Muramatsu, Roberta
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2008
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Toda ação humana parece envolver uma escolha intertemporal. A todo o momento indivíduos fazem decisões referentes ao quanto irão consumir, ao quanto irão poupar e em alguns casos, ao quanto irão investir. Uma vez que tais decisões interferem sobre os níveis de consumo, poupança e investimento individuais, quando levadas ao plano coletivo passam a ter relevância econômica. A presente monografia propõe investigar as falhas apresentadas pelo modelo convencional (MUDC) proposto para explicar e prever o fenômeno das escolhas intertemporais, e a partir da confirmação das anomalias, geradas pela adoção restrita de alguns pressupostos, propõe-se um modelo econômico capaz de contornar as irregularidades do MUDC, relaxando, principalmente, a hipótese de constância da taxa de desconto. Sendo assim, propõe-se o Modelo de Utilidade com Desconto Hiperbólico, no qual trabalha com a hipótese de que os agentes descontam a utilidade a taxas decrescentes.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Fonseca, Eduardo Giannetti da
Strehlau, Vivian Iara
Área do Conhecimento CNPQ
Citação