Um estudo sobre os depósitos sem vencimento: determinantes dos volumes de poupança

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Machado, Sérgio Jurandyr
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2011
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O gerenciamento de ativos e passivos de uma instituição financeira é sempre alvo de debates, no que se refere aos passivos sem vencimento. Esse trabalho estuda o comportamento desses passivos ao longo do tempo, com foco nos depósitos de poupança. O objetivo é estimar um modelo de determinação das variações dos saldos desses passivos, analisando as possíveis variáveis envolvidas no comportamento dessas contas. Será dedicado um enfoque às taxas de juros, tanto de cliente quanto de mercado, dada sua ligação com o trade off enfrentado pelos agentes econômicos sobre qual investimento buscar para suas aplicações. Os resultados mostram que os depositários são sensíveis ao diferencial entre o rendimento das contas de poupança e a taxa de mercado de longo prazo, assim como às variações nos volumes de depósitos passados e nos dados de atividade econômica.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Lyrio, Marco Túlio Pereira
Silva, Cleomar Gomes Da
Área do Conhecimento CNPQ
Citação