Análise das divergências entre indicadores de desempenho elaborados a partir do BR GAAP e IFRS em empresas listadas na BMF&Bovespa

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Santos, Edilene Santana
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2011
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Esse estudo tem como principal objetivo investigar quais são os reflexos da adoção das normas internacionais sobre os indicadores de desempenho dessas empresas, em particular na segunda etapa de convergência (convergência integral) para o IFRS, indicando quais são, na prática, as principais mudanças que a adoção das IFRSs traz sobre as demonstrações econômico-financeiras das empresas brasileiras de capital aberto. Para tanto, foram selecionadas 33 empresas de diferentes setores, listadas na BMF Bovespa que, em 2010, publicaram os números referentes ao exercício de 2009 tanto nos padrões nacionais (BR GAAP) quanto nos padrões internacionais (IFRS). Foram então calculados nove indicadores divididos em três diferentes grupos: endividamento, liquidez e rentabilidade. Os resultados, de forma geral, mostram que, com a adoção das normas internacionais, a maioria das empresas obteve melhora nos indicadores de endividamento, porém piora nos índices de liquidez e rentabilidade. Posteriormente, as diferenças entre os indicadores elaborados sob ambos os padrões tiveram suas relevâncias testadas, concluindo-se que, estatisticamente, não são significativas. Os resultados convergem com as conclusões obtidas em trabalhos recentes do mesmo escopo. Apesar da não significância das diferenças entre os índices de desempenho sob os dois padrões, é evidente que as mudanças do BR GAAP para as IFRSs devem ser consideradas e compreendidas para que a análise da situação econômico-financeira de qualquer empresa possa ser completa e eficaz.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Citação