Os processos de verticalização e consolidação das operadoras de planos de saúde no Brasil trouxeram riscos competitivos ao mercado?

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
não informado
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2022
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Nos últimos anos, o cenário de aumento dos custos de prestação de serviços dos planos de saúde, atrelado com a impossibilidade de repasse integral de preços, criou forte cenário de compressão de margens para as operadoras de saúde. Como consequência disso, as operadoras de planos de saúde iniciaram um forte movimento de consolidação e verticalização de suas atividades. À luz do debate, um movimento similar ocorreu nos Estados Unidos, gerando um forte debate a respeito de práticas anticompetitivas no setor. Tendo isso em vista, o artigo tem como objetivo avaliar os riscos competitivos oriundos da verticalização e da consolidação do segmento de saúde suplementar no Brasil. O artigo concluiu que o movimento de fusões e aquisições trouxe um aumento significativo de concentração de mercado que coloca em risco a competitividade do setor, com alta possibilidade de práticas danosas e anticompetitivas nos próximos anos.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Exatas e da Terra
Citação