Impacto da COVID-19 nos investimentos de companhias brasileiras de capital aberto

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Gonçalves, Adalto Barbaceia
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2022
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Esta dissertação de mestrado tem objetivo analisar o impacto da crise do COVID-19 nos investimentos das firmas durante o choque econômico. Analisamos empresas brasileiras de capital aberto entre o primeiro trimestre de 2017 e o terceiro trimestre de 2021. Aproveitamos o choque econômico provocado pela pandemia para observar o impacto da crise sobre os investimentos das empresas, observando o momento pré-crise e pós crise, adotando como método a análise de dados em painel dinâmico pelo Método dos Momentos Generalizados (GMM). Observamos redução de 53% nos investimentos das firmas na crise de 2020, impacto econômico relevante. Realizamos teste placebo comparando a crise do COVID-19 com as crises de 2008 e 2015. Analisamos diferenças nos investimentos entre empresas restritas e não restritasutilizando as métricas de KZ, WW, HP e de tamanho. Os resultados indicam que a natureza do choque de 2020 difere da crise financeira de 2008 e 2015. Em um momento de redução da demanda de investimentos e incerteza da pandemia em relação ao futuro, sugere que empresas tenham adiado os investimentos.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Schiozer, Rafael Felipe
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Exatas e da Terra
Citação