Impacto da posição de caixa na performance das empresas brasileiras em períodos de recessão econômica

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2018
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A adequada gestão da liquidez das empresas é fundamental para a manutenção da sua saúde financeira e para a sua sustentabilidade econômica a longo prazo. Este tema é especialmente importante em países emergentes, como o Brasil, visto que tem um histórico de frequentes recessões econômicas que levam à piora dos resultados operacionais das empresas e à escassez de linhas de crédito e, portanto, afetam negativamente a liquidez das empresas. O presente trabalho busca analisar se, em momentos de recessão econômica, a posição de caixa tem impacto na performance das empresas brasileiras. Além disso, busca-se identificar se há diferenças na intensidade desta relação para os diferentes setores de atuação das empresas. Para desenvolver este estudo, foi utilizada uma amostra de 200 empresas listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (B3), agrupando informações do período de 2013 a 2016 (totalizando 800 observações), organizadas em um painel balanceado. Os resultados obtidos por meio das regressões indicam que, quando a performance das empresas é medida pelo o indicador ROA, há relação positiva e estatisticamente significante entre a posição de caixa e a performance e, foi identificado também, que o setor de atuação da empresa modera a intensidade desta relação. No entanto, quando a medida de performance utilizada é o indicador Market to Book, estas relações não apresentaram significância estatística.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Gonçalves, Adalto Barbaceia
Sanvicente, Antonio Zoratto
Área do Conhecimento CNPQ
Citação