Var ajustado por liquidez e seus impactos sobre o cálculo do requerimento de capital por risco de mercado

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Sanvicente, Antônio Zoratto
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2007
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Neste trabalho é realizada uma aplicação da metodologia de VaR ajustado por liquidez baseado nos componentes do spread de compra e venda, proposta por Angelidis & Benos (2005) para o mercado de ações brasileiro. O estudo é realizado para um grupo de ações negociadas na BOVESPA, sendo que somente metade das mesmas faz parte da composição do Índice BOVESPA e, por tanto, correspondem a ações mais líquidas. Os componentes do spread de compra e de venda são analisados e os resultados apontam para a superioridade de medidas relacionadas à direção da operação (trade direction) em relação a medidas baseadas no volume negociado. O risco total é decomposto em risco de preço (VaR) e risco de liquidez. O componente de liquidez representa o custo incremental de oportunidade no ajuste com liquidez, uma medida indireta do custo de liquidez inferior. Para o nível de confiança superior, representa até 11,13% do risco total e para 95%, atinge um máximo de 22,22% do risco total. Finalmente, é realizada uma discussão teórica sobre os efeitos da utilização do modelo apresentado no cálculo do requerimento de capital por risco de mercado.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Fraletti, Paulo Beltrão
Ribeiro, Celma De Oliveira
Área do Conhecimento CNPQ
Citação