A influência de ofertas secundárias na má precificação de IPOs no período de 2011 a 2020

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Leonardo Pagano
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2021
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
subprecificação (underpricing) de ofertas públicas iniciais de ações (IPO) é objeto de diversos estudos na literatura, porém não existe um consenso sobre as causas de tal ineficiência. Trabalhos antigos apontam para assimetria de informações entre o banco de investimento coordenador (lead underwriter) e a empresa emissora; conflitos de interesse do banco; relacionamento entre a companhia e o underwriter; e até mesmo um mecanismo de remuneração. No entanto, a literatura sobre a influência de oferta secundária para o mercado brasileiro é escassa e desatualizada. Sendo assim, este trabalho tem como objetivo atualizar o estudo sobre a influência de ofertas secundárias na subprecificação de IPOs no mercado brasileiro no período de 2011 a 2020. Conclui-se que não é possível explicar o underpricing através da presença de oferta secundária na estrutura do IPO.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Leonardo Pagano
Rodrigo Takashi Okimura
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Exatas e da Terra
Citação