O impacto de variáveis macroeconômicas na atividade de fusões e aquisições no mercado brasileiro

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2017
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O mercado de fusões e aquisição tem ganhado cada vez mais força no Brasil quando se olha o número de operações realizadas. Conforme o mercado retoma sua atividade, espera-se que mais empresas comprem outras ou se juntem para tentar expandir seu mercado de abrangência e ganhar novas vantagens competitivas. O propósito deste estudo é verificar como o ambiente macroeconômico afeta o volume de fusões e aquisições no mercado brasileiro e quais variáveis possuem, se possuírem, maior influência na prosperidade da atividade de F&A. O volume é medido através do valor total em milhões de reais das transações completadas entre junho de 1994 e dezembro de 2016. Para estudar a possível influência do ambiente macroeconômico foram utilizados o índice Ibovespa, a taxa de juros Selic, o dólar médio, a inflação medida através do IPCA e a variação do Produto Interno Bruto do Brasil. Ademais, foi montado um modelo de regressão linear com dados de séries temporais para verificar se, além dessas variáveis, existe influência intertemporal de volumes anteriores no atual volume de F&A. O que se conclui é que variáveis macroeconômicas não possuem influência significativa sobre o volume total de fusões e aquisições transacionado no período, mas o volume do trimestre anterior e o de três trimestres anteriores afetam o volume atual.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Martins, Sérgio Ricardo
Área do Conhecimento CNPQ
Citação