Análise do impacto da inovação, diferenciação de produtos e orientação para mercado no desempenho de exportação de empresas exportadoras brasileiras

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Boehe, Dirk Michael
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2010
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A crescente intensificação da competição no cenário global tem levado um grande número de empresas a procurar nos mercados internacionais, oportunidades de atingirem seus objetivos, garantindo sua posição de mercado, e em algumas oportunidades mais que isso, sua sobrevivência. Esta dissertação tem por objetivo avaliar como a inovação, a diferenciação de produtos e a orientação da empresa para o mercado impactam o desempenho de exportação de empresas exportadoras localizadas no Brasil. O trabalho analisa também como estas variáveis alteram sua relação com o desempenho de exportação, de acordo com condições distintas de operação, através de fatores moderadores como: tamanho das empresas, experiência na prática de exportação, diversificação internacional e tipos de produtos que exportam. A amostra em questão conta com 213 empresas brasileiras espalhadas ao longo do País, de diferentes segmentos e atuando em mercados distintos. O trabalho conclui, com base no universo das empresas exportadoras brasileiras, que a inovação impacta negativamente o desempenho de exportação, a orientação da empresa para mercado impacta positivamente desempenho de exportação e a inovação e a diferenciação de produtos quando utilizadas conjuntamente, exercem impacto positivo no desempenho de exportação. Em análise exploratória da base de dados o trabalho conclui ainda que o tamanho da empresa exerce impacto negativo no desempenho de exportação, a experiência em exportação exerce impacto positivo no desempenho de exportação e as empresas exportadoras brasileiras que exportam produtos básicos apresentam um melhor desempenho de exportação do que empresas que exportam produtos manufaturados. Finalmente, verifica-se que a inovação e a diferenciação de produtos quando aplicadas a empresas brasileiras que exportam manufaturados tendem a reduzir ainda mais o desempenho de exportação destas empresas, e a inovação combinada à diversificação internacional pode ser uma estratégia eficaz na melhoria do desempenho de exportação de empresas exportadoras brasileiras.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Barros, Henrique Machado
Carneiro, Jorge Manoel Teixeira
Área do Conhecimento CNPQ
Citação