Análise do Pass-through da taxa de câmbio para preços de bens importados no Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2013
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este estudo analisa o pass-through da taxa de câmbio para bens importados no Brasil. Utilizando índices de preços para trinta grupos diferentes de produtos importados, observou-se a trajetória dos coeficientes estimados para o período entre 1996 e 2013. Enquanto não houve diferenças estatísticas significantes entre os coeficientes estimados entre grupos para um determinado período (cross-section), foram identificadas duas quebras estruturais nas séries de tempo para diversos grupos. A primeira quebra ocorreu em 1999, quando se observou uma queda na média do ERPT estimado de 80% para 50%, compatível com a literatura existente que identifica uma forte queda no ERPT após a adoção do regime cambial flutuante e sistema de Meta de Inflação. A segunda quebra estrutural ocorreu em 2009. Acredita-se que ela possa estar relacionada à maior intervenção do governo e do Banco Central na taxa de câmbio, mudando a percepção dos agentes de mercado que o regime cambial se tornou administrado (“flutuação suja”). O coeficiente médio estimado elevou-se para 70% a partir dessa data.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Citação