Determinantes Microeconômicos dos IPOs no Brasil para os Anos de 2019 e 2020

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2021
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O principal objetivo deste estudo é investigar os determinantes microeconômicos dos IPOS no Brasil, ou seja, quais características das companhias, financeiros e operacionais das companhias têm impacto na decisão de abertura de capital no mercado brasileiro. Para a análise foi feita a comparação de empresas que realizaram o IPO (Initial Public Offering) nos anos de 2019 e 2020, que totalizam 84 companhias, com empresas que não realizaram o pedido no mesmo ano. Para evitar qualquer tipo de viés de seleção, a comparação foi feita apenas com outras 84 companhias que não abriram capital, executando o pareamento baseado no tamanho e no setor das empresas. A base de dados foi coletada na ferramenta Valor Pro para os anos de 2019 e 2020 e os determinantes analisados foram por meio de proxies para os fatores de rentabilidade, tangibilidade dos ativos, expectativa de crescimento, tamanho, risco e liquidez. A análise foi executada por meio de um modelo probit para o ano anterior ao qual a companhia realizou o IPO, assim foi possível a avaliação do real impacto de cada um destes determinantes na probabilidade de as empresas brasileiras abrirem IPOs. Para esta análise, foi utilizado um modelo de regressão linear, com probit, estimando assim a probabilidade de acordo com as variáveis explicativas (fatores microeconômicos das empresas), sendo a variável resposta uma dummy, indicando se efetivamente ocorreu IPO no período. De acordo com os resultados, grande parte dos fatores se dão por irrelevantes, mas, tratando dos determinantes que efetivamente impactem na probabilidade, tamanho, tem uma relação inversamente proporcional, já para receita e liquidez, quanto maiores forem estes determinantes, maior a probabilidade de IPO. O trabalho promete ter boa contribuição para o mercado e prática gerencial de um modo geral, pois além de demonstrar que fatores internos da empresa possuem impacto real na decisão de abertura de capital das mesmas, explorou um tema pouco abrangente até o momento do mercado, trazendo para análise da decisão da empresa, fatores microeconômicos.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Exatas e da Terra
Citação