Os determinantes para pagamento de dividendos na América Latina: Uma análise com dados em painel

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2010
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O correto entendimento dos fatores que motivam as firmas a pagarem dividendos é de extrema importância para uma avaliação financeira mais precisa das empresas. Do ponto de vista dos administradores, dividendos podem ser utilizados para mitigar problemas de agência (Jensen 1986) ou para fazer uma sinalização ao mercado (Bhattacharya 1979). Por outro lado, Miller e Modigliani (1961) propuseram a teoria de que a quantidade de dividendos distribuídos não altera o valor da firma. Através de uma base de dados de 663 empresas listadas nas bolsas de Brasil, Argentina, México, Chile, Colômbia e Peru, durante os anos 1999 e 2008, foram utilizadas três metodologias econométricas para dados em painel com variável dependente discreta para entender a propensão das firmas a pagarem dividendos: modelo logit agrupado, modelo logit em painel com efeitos aleatórios e modelo logit em painel com efeitos fixos. A análise é feita comparando a propensão entre os países com e sem lei de dividendos mínimos obrigatórios.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Brito, Ricardo Dias De Oliveira
Nakane, Márcio Issao
Área do Conhecimento CNPQ
Citação