Hiato salarial público-privado: análise empírica por tipo de ocupação

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2014
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Os setores público e privado tem diferentes caraterísticas nos seus postos de trabalhos em diversos aspectos, o objetivo desta monografia é analisar quantitativamente as diferenças do salário público-privado para o Brasil em 2012. A maioria estudos na literatura existente apontam o hiato positivo para o setor público, no entanto uma crítica existente é que geralmente as estimativas são baseadas nas médias dos salários de cada setor, não são selecionados os grupos controles por tipos de ocupação. Para uma melhor avaliação dos resultados estimados essa monografia avalia os grupos de ocupação semelhantes para os setores públicos e privados, mesmo visto que não existem casos que as funções não são exatamente iguais nos dois setores. A variável de interesse é o salário dos indivíduos e será regredido com uma variável dummy se o indivíduo trabalha no setor público ou não, e também variáveis controle, que expressem o tipo de ocupação da atividade exercida de cada um dos indivíduos da amostra, além de educação, experiência, raça, idade e gênero. O método utilizado no estudo é o de mínimos quadrados ordinários. O resultado do estudo apresenta que mesmo considerando os controles por tipo de ocupação no Brasil para 2012 os salários em média são maiores para o setor público que o privado.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Citação