Estudo das Estratégias de Marketing utilizadas por empresas farmacêuticas no Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Nakagawa, Marcelo
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2012
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A indústria farmacêutica, que movimenta mais de 700 bilhões de dólares por ano ao redor do mundo, é constantemente lembrada pelas diferentes estratégias de marketing adotadas nas vendas de seus produtos. Além de ser um mercado peculiar, a industria também conta com regulamentações e restrições diferentes dos demais, o que o torna ainda mais específico. As vendas diretas, feitas por meio de representantes comerciais, ou os constantes congressos e eventos patrocinados para os profissionais de saúde, detentores de enorme influência nas vendas dos medicamentos, são diversas vezes analisados com maior rigor por instituições de controle, como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Além do debate em torno das regulamentações mais severas do setor, existe também uma discussão acerca de quem deve ser o principal alvo em campanhas de marketing dessas empresas, variando entre profissionais de saúde, intermediadores e consumidores finais dos medicamentos. Com intuito de compreender todo o ambiente que existe em torno desses embates, o presente trabalho objetiva realizar um estudo de caso com empresas farmacêuticas de grande porte, mais especificamente com a empresa Novartis, e também com o Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo, o Sindusfarma. Assim, por meio de entrevistas, espera-se ao final do presente estudo, compreender quais são as limitações impostas a essas empresas e quais são as melhores e mais eficientes estratégias de marketing e vendas das empresas da indústria farmacêutica.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Citação