Estrutura de capital das empresas brasileiras: uma análise dos setores açúcar e álcool, alimentos, comércio e construção civil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2017
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A presente dissertação tem como objetivo a análise da estrutura de capital nas empresas brasileiras com evidências dos setores: Açúcar e Álcool, Comércio, Alimentos e Construção Civil. O estudo busca identificar quais são as variáveis que influenciaram a tomada de decisão na estrutura de endividamento praticado por essas empresas no período de 2009 a 2016 nos setores mencionados. A metodologia utilizada no estudo foi regressão de dados em painel dinâmico, modelo de Arellano-Bond. A partir do estudo das teorias de estrutura de capital e análise do modelo estatístico, verificou-se que cada setor aplica diferentes teorias e algumas variáveis são mais relevantes do que outras. Para o setor de Açúcar e Álcool, as variáveis com maior impacto foram a rentabilidade e o endividamento passado. No setor de Alimentos, além da rentabilidade e endividamento passado, o porte e o payout também tiveram impacto relevante. Já na Construção Civil, o maior impacto foi do ativo imobilizado além de idade e porte. O setor de Comércio não demonstrou significância de outras variáveis além do endividamento passado. Dessa forma, foi evidenciada a necessidade de avaliar o nível endividamento de acordo com o setor em que a empresa está inserida.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Araujo, Michael Viriato
Sanvicente, Antonio Zoratto
Área do Conhecimento CNPQ
Citação