Determinantes de desempenho de aquisições internacionais por firmas de mercados emergentes: evidências das empresas brasileiras

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Barros, Henrique Machado
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2012
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Cada vez mais, as corporações brasileiras possuem unidades no exterior, em vez de só exportarem. Com a ascensão mundial dos países chamados de BRICS e a estabilidade econômica brasileira, o número de aquisições internacionais feitas por empresas brasileiras cresceu muito nos últimos anos, na tentativa de ganhar competitividade. Este estudo inovou ao tentar identificar os determinantes do desempenho de internacionalização via aquisição, ao verificar se os determinantes mais encontrados na literatura acadêmica para internacionalização também são válidos para o caso brasileiro, utilizando como desempenho a criação ou destruição de valor via retornos anormais. As teorias de negócios relacionados, aquisição motivada por gerencialismo se mostraram em linha com a literatura acadêmica. Já as teorias de aprendizagem anterior em aquisição e distâncias geográficas, culturais e econômicas não mostraram ter significância neste estudo.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Carneiro, Jorge Manoel Teixeira
Área do Conhecimento CNPQ
Citação